8511 - Organização e gestão das compras

Carregar Eventos

« Todos os Eventos

  • Este evento já decorreu.

8511 – Organização e gestão das compras

Abril 2 @ 7:15 pm

Enquadramento:

Cada vez mais as margens comerciais têm vindo a decrescer por efeito da perda de valor do mercado e da globalização.
Com isto as empresas ajustam os seus processos para racionalização de encargos e actuam do lado dos fornecedores para minimizar valor de compras.
Saber o que, como, quanto e quando comprar são considerados, hoje em dia, factores muito importantes para o alcance dos objectivos da empresa, seja ao nível da redução dos custos ou seja por via da melhoria da sua posição competitiva.

O responsável pela gestão de compras, integrada no processo de aprovisionamento das Organizações, assume então uma importância acrescida na rentabilidade das Organizações, devendo contribuir de forma decisiva para a recuperação de margens perdidas nos últimos anos, através da redução de preços de compra e optimização da relação negocial com fornecedores .

Desta forma, a empresa terá garantidos o aumento em sua produtividade, pois não haverá o problema de falta de materiais e perda de prazos, além de realizar compras com o menor custo possível impactando diretamente na faturação final da organização.

Curso 8511 - Organização e gestão das compras
Área de Formação 341 - Comércio
Destinatários - Administradores e Gestores

- Diretores e chefes de compras

- Gestores e responsáveis pela organização de compras na empresa

- Diretores de logística e aprovisionamento

- Responsáveis de compras e logística

- Outros Profissionais área de logística e Compras

- Estudantes

Pré-requisitos NA
Duração 50h
Objetivos Gerais Caracterizar a importância estratégica da organização e gestão de compras

Descrever as fases para a implementação de um processo de procura e seleção de potenciais fornecedores.

Caracterizar o processo de estabelecimento de parcerias.

Utilizar sistemas de encomendas.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

Âmbito e importância da organização e gestão de compras

Definição do comprador

- Papel do comprador na satisfação dos clientes

- Nível de serviço pretendido pelos clientes

- Serviço prestado pelos concorrentes e comparação com o da organização

- Potencial de melhoria do serviço prestado aos clientes

 

Acesso a mercados externos

- Contactos com os intervenientes;

- Novas tecnologias

- Matérias-primas e fornecedores alternativos

- Alterações e tendências de mercado

 

Desenvolvimento de relações e projetos com fornecedores

- Relacionamentos em torno de objetivos de melhoria constante (Win-Win)

- Projetos de desenvolvimento conjunto (novas matérias primas, produtos, processos, formas e tempos de entrega)

- Eficiência do processo de abastecimento na obtenção de ganhos de produtividade

Ligação a outras funções

- Do comprador como função central na atividade da empresa

- Do comprador enquanto interlocutor da empresa com o mercado e avaliador da aceitação das políticas e produtos da empresa

- Principais interlocutores internos do comprador

 

Procura e seleção de fornecedores

Categorias de fornecedores

- Fornecedores de componentes,

- Fornecedores de matérias-primas,

- Fornecedores de equipamentos,

- Fornecedores de operações e/ou serviços

- Importância de selecionar os fornecedores mais adequados

 

Fase - deteção da necessidade

- Como se manifesta a necessidade (rotina, melhoria ou processo pontual)

- Avaliação e análise da necessidade

 

Fase - Identificação de potenciais fornecedores

- Critérios de análise e de avaliação

- Métodos de procura ativa e passiva

- Âmbito da procura - Local/regional, nacional e internacional

 

Classificar e selecionar fornecedores

- Parâmetros de avaliação

- Grelha de avaliação

- Importância relativa de cada parâmetro

- Parâmetros obrigatórios e de exclusão

 

Estabelecimento de relações

- Objeto e âmbito da relação

- Termos do acordo (contrato)

- Forma de resolução de problemas e conflitos

- Sistema de avaliação de resultados

- Formas de terminar o acordo

- Potencial de melhoria e de desenvolvimento de projetos conjuntos

 

Parcerias estratégicas

Tipos de parcerias

- Coordenação de algumas atividades, com uma visão de curto prazo

- Coordenação de várias atividades, com uma visão de longo prazo

- Integração de várias atividades de ambas as empresas, com um elevado nível de integração.

- Visão de coordenação a muito longo prazo

 

Razões (drivers) da parceria

- Diminuição dos custos

- Melhoria do serviço

- Marketing

- Rendibilidade

 

Facilitadores (drivers) da parceria

- Compatibilidade empresarial

- Filosofias e técnicas de gestão

- Mutualidade de objetivos

Atividades da parceria

 

Resultados esperados

 

Sistemas de encomenda

Modelos de reposição de mercadorias

- Modelos de reposição instantânea

- Modelos de reposição não instantânea

- Descontos de quantidade

- Modelos de nível de encomenda

- Política de revisão cíclica

Sistemas hierárquicos de reposição de stocks

- Material requirement planning (MRP)

- Logistics requirement planning (LRP)

- Just in time (JIT)

 

Sistemas de apoio à tomada de decisão

- Sistemas de informação

- Sistemas de previsão

- A análise ABC

 

Avaliação e melhoria do sistema de encomendas

- Necessidade do stock de segurança

- Níveis de serviço dos fornecedores

 

Horário: 3ªs, 5ªs e 6ªs das 19h15 as 22h15

Investimento: 200€*

*Este curso Está Inserido na medida Cheque Formação

Empresas, trabalhadores e desempregados já podem candidatar-se ao cheque-formação

- Financiamento até 175 euros por trabalhador e 500 euros por desempregado

Trabalhadores, empresas e desempregados que cumpram determinados critérios já podem candidatar-se ao cheque-formação

O cheque-formação permite que trabalhadores ou empresas reclamem um financiamento de até 175 euros para uma formação de até 50 horas, e que os desempregados que cumpram determinadas condições possam concorrer a um financiamento de até 150 horas de formação, num montante máximo de 500 euros.

As candidaturas podem ser apresentadas pelos próprios trabalhadores ou pelas suas entidades empregadoras, que podem aliás propor apoios para vários trabalhadores na mesma candidatura.

Podem candidatar-se pessoas colectivas ou singulares de direito privado, com ou sem fins lucrativos.

As formações deverão ser ministradas por entidades formadoras certificadas. A Génios Livres Unipessoal Lda, enquanto entidade certificada pela DGERT, tem capacidade para ministrar ações de formação passíveis de serem contabilizadas no cumprimento do requisito legal de formação bem como no cumprimento da Lei n.º 3/2014, de 28 de janeiro que altera a Lei n.º 102/2009, de 10 de setembro.

Esta medida pode ajudá-lo a dar cumprimento à obrigatoriedade de ministrar 35 horas de formação por ano aos seus colaboradores (Lei nº. 7/2009, de 12 de fevereiro, que aprova a revisão do Código do Trabalho). Esta formação poderá ser em qualquer área de formação em módulos de 25 ou de 50 horas.

 

Para mais informações:
Academia Génios Livres
Rua 31 de Janeiro, nº10
3810 192 Aveiro
www.genioslivres.pt
234 184 109 | 910 715 470
[email protected] | [email protected] |[email protected]

Detalhes

Data:
Abril 2
Hora:
7:15 pm - 10:15 pm
Evento Categoria: