Curso de Assistente de Logística

Loading Events

« All Events

  • This event has passed.

Curso de Assistente de Logística

October 29 @ 9:00 am

Curso de Assistente de Logística

Empregabilidade área de logística
A área da logística é um setor de atividade que se encontra em franco crescimento, pelo que as ofertas de emprego são diversas e nas mais diferentes áreas, desde a distribuição, armazenagem, transporte, entre outras.

Funções de um Assistente de Logística
O Assistente de Logística é o profissional responsável por colaborar com o planeamento dos espaços e da distribuição de mercadorias, prestando informações necessárias à tomada de decisão sobre operações logísticas.
Um Assistente de Logística desenvolve atividades ligadas aos recursos materiais, financeiros e pessoais de uma empresa.
O Assistente de Logística é o profissional que, de forma autónoma ou integrado numa equipa, colabora no controlo operacional das diferentes atividades que compõem a operação logística, promovendo a sua melhoria contínua, com o objetivo de atingir níveis de serviço mais elevados.

 

Curso Curso Assistente de Logística
Área de Formação Comércio
Destinatários - Quadros médios que coordenam atividades logísticas (gestores de logística e de transportes);

- Licenciados com interesse na área;

- Profissionais de diferentes áreas com interesse pela matéria

- A todos aqueles que pretendam iniciação/atualização na área de logística

Pré-requisitos 9º Ano até ao Doutoramento
Duração 125h + 180h Estágio
Objetivos Gerais O Curso Técnico de Logística pretende dotar os profissionais e empresas do setor de um conjunto de competências e conhecimentos para o domínio estratégico e operacional da área da Logística.
Objetivos Específicos Definir a logística e os conceitos básicos.

Enumerar os diferentes tipos de processos logísticos, o seu planeamento e as novas tecnologias associadas.

Referir as boas práticas existentes na logística.

Descrever as funções do técnico de logística.

 

Identificar os princípios da gestão de stocks, sua avaliação e controlo.

Identificar os principais indicadores de gestão de stocks.

Utilizar os principais instrumentos de controlo da gestão de stocks.

Efetuar a gestão interna de stock com vista á otimização dos espaço, custo e tempo.

Identificar e analisar os custos associados à gestão de stocks.

Implementar ações corretivas na gestão de stocks.

 

Identificar os principais agentes da logística Internacional e explicar o seu papel.

Enumerar os vários tipos de incoterms existentes.

Identificar os principais procedimentos aduaneiros.

Caraterizar as principais estruturas e veículos de suporte à logística internacional.

Identificar o nível de integração de uma cadeia logística;

Reconhecer vantagens e desvantagens da centralização.

 

Aplicar vocabulário específico da língua inglesa na atividade logística.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

 Módulo 1: Logística - introdução

CÓDIGO DA UFCD: 8532

CARGA HORÁRIA: 25 horas

 

Conceitos básicos de logística

Planeamento, implementação e controlo do fluxo e armazenamento de bens, serviços e informação

Âmbito de atuação desde o local de produção até ao local de consumo

Níveis de serviço

Inovação e componente tecnológica da atividade logística

Standards de produção e de embalagem

Técnicas e métodos de gestão de armazém

Relações da empresa com o mercado

Tipos de processos logísticos e seu planeamento

Receção

Aprovisionamento

Reaprovisionamento

Preparação de encomendas: PBS – Picking by Store ou Preparação com Stock; PBL – Picking by Line ou preparação sem stock, Preparação por lote, entre outros.

Carga e expedição

Logística Inversa

Outros

Principais tecnologias de apoio à unidade

EDI - Electronic Data Interchange

CRP - Continuous Replenishment Program

VMI - Vendor Management Inventory

ECR - Efficient Consumer Response

CPFR - Collaborative Planning Forecasting and Replenishment

Boas práticas na logística

Planeamento

Parcerias

Sistemas de aprovisionamento

Gestão ambiental

Distribuição centralizada

Entre outros

Funções do técnico de logística

Serviço ao cliente (customer service)

Objetivos

Elementos do customer service

Planeamento de fluxos e previsão da procura e tendências de evolução do mercado

O sistema de informação logístico

A previsão e a análise de tendências

Gestão de inventário

Gestão de encomendas e de stocks

de matérias e controlo das atividades de receção, manuseamento e expedição de matérias

Análise da quebra

Interface de comunicação entre os vários intervenientes da cadeia de abastecimento

Estreita colaboração entre as diferentes funções da empresa

Interface com o exterior - fornecedores e clientes

Elemento coordenador de esforços tendentes à maximização da eficiência do sistema

Gestão de equipas

Planeamento das necessidades de mão-de-obra

Recrutamento, acompanhamento, formação, coordenação e controlo e avaliação do desempenho

Formação, motivação de desenvolvimento profissional dos membros da equipa

Gestão da operação

Elaboração do plano de produção das áreas (mensal) no sentido de garantir o cumprimento do planeamento e níveis de serviço

Supervisão dos fluxos de operação da unidade

Coordenação e controlo da execução de procedimentos de melhoria contínua

 

Módulo 2: Gestão de stocks e indicadores

CÓDIGO DA UFCD: 8504

CARGA HORÁRIA: 50 horas

 

Princípios da gestão de stocks

Definição e objetivos de gestão de stocks

Possibilidade de satisfação das necessidades dos clientes

Garantia do correto abastecimento de todos os intervenientes, evitando excessos / insuficiência de produto

Minimização dos custos logísticos

Tipo de matérias a armazenar

Matérias-primas

Componentes e produtos em vias de fabrico

Consumíveis

Produtos finais

Determinantes do nível ótimo de stock

Níveis de procura e previsão de encomendas

Procura independente (aleatória)

Procura dependente (associada à produção de um bem principal)

Política de inventário da empresa

Nível de serviço pretendido

Catalogação

Objetivos

Conceitos

Técnicas de desenvolvimento

Métodos de identificação

Especificação detalhada

Avaliação e controlo de stocks

Instrumentos de controlo da gestão de stocks

Gestão física, Gestão económica, Gestão administrativa

Tipos de Stock:

Stocks de Segurança

Stock Cíclico

Stock em Trânsito

Custos associados:

Custo Aquisição

Custo Posse Stock

- Custo Encomenda/Aprovisionamento

Custo Rutura Stock

Análise ABC

Custos associados à gestão de stocks

Custo da colocação da encomenda

Custo da expedição da mercadoria

Custo da receção e do manuseamento da encomenda

Indicadores de stocks

Níveis de serviço

Nível de serviço dos fornecedores em valor e quantidade

Nível de serviço por fornecedor

Incumprimento de “linhas”

Incumprimento de quantidades

Incumprimento de encomenda

Avaliação de mercadorias não entregues a clientes

Incumprimento de “linhas”

Incumprimento de quantidades

Incumprimento de encomendas

Nível de stocks em armazém

“Dias de stock” geral

“Dias de stock” por produto

Peso relativo do stock médio (em valor) relativamente às vendas do ano

Incumprimento de quantidades

Definição de objetivos de níveis de stock, por referência, categoria ou total

Tempos de entrega

Tempos de entrega dos fornecedores

Tempos de entrega aos clientes

Potencial de melhoria dos tempos de entrega

Ações corretivas e produção de relatórios

 

Modulo3: Logística internacional

CÓDIGO DA UFCD: 8510

CARGA HORÁRIA: 25 horas

 

Enquadramento

Logística internacional

Principais agentes

Papel dos transportes na cadeia de abastecimento

Incoterms

O que são e sua classificação

Responsabilidades e seguro

Alfândegas e procedimentos aduaneiros

Estruturas e veículos de suporte à logística internacional

Transportes vs aplicabilidade

Rodoviário

Marítimo

Ferroviário

Aéreo

Outros sistemas de suporte

Fatores de decisão na escolha do meio de transporte

Cadeia de abastecimento internacional

Integração das CA Internacionais

Integração das CA da Europa

Como atuam os líderes Europeus da logística

Vantagens e desvantagens da centralização

Acordos de cooperação estratégica de médio/longo prazo entre Fornecedores – Produtores – Distribuidores

Tipos de relacionamento: confrontacional, transacional, iniciativas pontuais, integração/colaboração

Modelos de colaboração

VMI (Vendor Managed Inventory)

CRP (Continuous Replenishment Programmes)

SBO (Sales based ordering)

JIT (Just-in-time)

ECR (Efficient Customer Response)

CPFR (Colaborative Planning, Forecasting and Replenishment)

 

Modulo 4: Língua inglesa - gestão de stocks e logística

Criada em 2008-03-07

CÓDIGO DA UFCD: 0486

CARGA HORÁRIA: 25 horas

 

Conteúdos

Língua inglesa aplicada à atividade logística

Principais utilizações da língua inglesa

Catálogos, inscrições e etiquetas

Comunicações escritas com interlocutores

Documentos de transporte e de acompanhamento de mercadorias

Principais conceitos e termos

Na embalagem

No transporte

Na receção e manuseamento de mercadorias

 

Carga Horária Total: 125h + 180h Estágio
Horário: Sábados das 9h as 15h
Investimento:
80€/mês durante 9 meses
5% de desconto em inscrições conjuntas
5% de desconto em pagamento total no inicio do curso

Certificação
Os certificados serão emitidos diretamente através da plataforma SIGO, conforme a Portaria nº 474/2010. Só serão emitidos certificados para os formandos que não possuam faltas superiores a 10% da duração total do curso e quando os formandos conclua m o curso com aproveitamento, se aplicável.

Details

Date:
October 29
Time:
9:00 am - 3:00 pm
Event Category: